Seção 9, Tópico 5
Em andamento

Expressando Sentimentos

Ravi Resck 22 de abril de 2021
Progresso de Seção
0% concluído

A primeira parte do processo da CNV foi aprender a expressar observações separadas de avaliações. Agora vamos ao segundo pilar do processo onde vamos explorar as nuances dos sentimentos e como podemos identificá-los e explorá-los de forma compassiva.

Uma das questões que me marcaram ao descobrir a comunicação não violenta foi perceber que nós na verdade não temos vocabulário emocional para expressar nossos sentimentos e necessidades.

E muitas vezes utilizamos o verbo sentir sem expressar nenhum sentimento na prática.

Por exemplo, “Sinto que não fui bem na prova” é uma frase que não expressa nenhum sentimento. Poderíamos substituir a palavra “sinto” por creio, penso ou acho para clarificar esta confusão.

Sentimentos Vs. Não Sentimentos

Mais uma vez retirado do livro de Rosenberg, temos aqui uma série de exemplos que nos elucidam sobre como expressar nossos sentimentos de uma forma mais clara.

Em geral, os sentimentos não estão sendo claramente expressos quando a palavra sentir é seguida de:

A. Termos como que, como, como se:

“Sinto que você deveria saber isso melhor do que ninguém”
“Sinto-me como um fracassado”
“Sinto como se estivesse vivendo com uma parede”

B. Vocábulo que seguido de pormenores como eu, ele, ela, eles, isso, etc:

“Sinto que eu tenho de estar constantemente disponível”
“Sinto que isso é inútil”

C. Vocábulo que seguido de nomes ou palavras que se referem a pessoas:

“Sinto que Lúcia tem sido bastante responsável”
“Sinto que meu chefe está me manipulando”

Não é necessário utilizar a palavra sentir quando estamos expressando um sentimento. Podemos simplesmente dizer “Estou incomodado” ao invés de “Estou me sentindo incomodado”.

Distinguir sentimentos do que pensamos que somos

Na CNV fazemos uma distinção entre as palavras que expressam sentimentos e as que descrevem o que pensamos que somos.

Uma descrição do que pensamos que somos seria algo como “Sinto que sou um mau pianista”.
Uma expressão dos sentimentos acerca disso seria: “Estou desapontado comigo mesmo enquanto pianista”. Ou ” Sinto-me impaciente quanto ao meu progresso no instrumento”. Ou ainda “Sinto-me frustrado com minhas habilidades no instrumento”.

Assim podemos identificar claramente quais são os sentimentos por trás daquilo que pensamos sobre nós mesmos.

Distinguir o que sentimos do que achamos que os outros pensam

Outra distinção absolutamente importante é sobre aquilo que nós realmente sentimos e aquilo que nós pensamos que os outros estão a pensar de nós memsos.

Eis aqui alguns exemplos que demonstram essa relação:

A. “Sinto-me insignificante para as pessoas com quem trabalho”.

A palavra insignificante aqui não representa um sentimento mas um pensamento sobre como as pesssoas estão a me avaliar dentro do meu ambiente de trabalho. O sentimento aqui seria “Sinto-me triste”, “Sinto-me desestimulado” ou algo do tipo.

B. “Sinto-me Incompreendido.”
Esta é uma expressão muito comum no nosso dia a dia. Mais uma vez, esta expressão fala muito mais sobre o que achamos que os outros pensam de nós do que sobre aquilo que estamos realmente sentindo. Posso estar me sentindo ansioso ou aborrecido, mas não posso dizer se as pessoas estão a me compreender ou não.

C. “Sinto-me ignorado.”
Mais uma vez temos uma expressão de como achamos que as outras pessoas estão a reagir às nossas ações. Podemos nos sentir magoados, por exemplo, quando sentimos que não estamos sendo ouvidos. Mas quando dizemos que nos sentimos ignorados estamos a afirmar que as pessoas ao nosso redor estão a nos ignorar.

Palavras como ignorado, incompreendido, criticado e outras tendem a expressar como nós achamos que os outros estão a reagir e não como nós realmente estamos a nos sentir. Eis aqui uma lista que mostra outras palavras que podem ser usada desta forma:

AmeaçadoUsado
AtacadoMal Compreendido
CoagidoProvocado
CriticadoRejeitado
DesacreditadoSobrecarregado
DesamparadoSubestimado
DiminuídoTraído
EnclausuradoNegligenciado
EncurraladoPodado
EnganadoManipulado
IgnoradoMenosprezado
IntimidadoPressionado

Construindo um vocabulário para sentimentos

Quando queremos expressar aquilo que sentimos pode vir a ser muito útil s expressar com clareza o que se passa dentro do nosso corpo emocional através de palavras claras ao invés de termos vagos. Para isso, é importante relembrar quais são essas palavras que às vezes são substituídas por termos pouco precisos no nosso dia a dia.

Eis aqui uma lista de palavras que mostram como você provavelmente se sente quando as suas necessidades estão sendo atendidas.

À VontadeAbsortoAgradecidoAlegre
AlertaAliviadoAmistosoAmoroso
AnimadoAtônitoÁvidoBem-humorado
CalmoCarinhosoComplacenteCompreensivo
InspiradoConcentradoInteressadoConfiante
LivreÚtilConfiávelMaravilhado
ConscienteContenteMotivadoCriativo
DespreocupadoEmocionadoEmpolgadoEncantado
EncorajadoEngraçadoEntretidoEntusiasmado
EnvolvidoEquilibradoEsperançosoEsplêndido
EstimuladoExcitadoExtasiadoExuberante
ExultanteFalanteFascinadoFeliz
GloriosoGratificadoOrgulhosoOtimista
OusadoPacíficoPlácidoPleno
RadianteRelaxadoResplandecenteRevigorado
SatisfeitoSeguroSensívelSereno
SurpresoTernoTocadoTranquilo
ÚtilVigorosoVivoAmado

Eis aqui uma lista de palavras que mostram como você provavelmente se sente quando as suas necessidades não estão sendo atendidas.

AbandonadoAbatidoAflitoAgitado
AlvoroçadoAmargoAmarguradoAmedrontado
AngustiadoAnsiosoApáticoApavorado
ApreensivoArrependidoAssustadoAterrorizado
AtormentadoAusteroBravoCansado
CarregadoCéticoChateadoChocado
CiumentoConfusoConsternadoCulpado
DeprimidoDesamparadoDesanimadoDesapontado
DesatentoDesconfiadoDesconfortávelDescontente
DesesperadoDesencorajadoDesiludidoDesolado
DespreocupadoEncabuladoEncrencadoEnojado
EntediadoEnvergonhadoExageradoExaltado
ExasperadoExaustoFracoFrustrado
FuloFuriosoHesitanteHorrorizado
HostilImpacienteImpassívelIncomodado
IndiferenteInfelizInquietoInseguro
InsensívelInstávelIradoIrritado
LetárgicoMagoadoMal-HumoradoMelancólico
MonótonoNervosoObcecadoRancoroso
RejeitadoRelutanteRessentidoPerplexo
SegregradoSem GraçaSensívelSolitário
SurpresoTristeTemerosoTenso

Exercício

Da mesma forma que fizemos acima o exercício de distinguir observações de avaliações, aqui faremos com os sentimentos. O objetivo aqui é identificar as frases que expressam sentimentos de uma forma clara e frases que expressam coisas que achamos que as outras pessoas sintam em relação a nós.

1. Acho que você não me ama.

2. Estou triste porque você está partindo.

3. Fico com medo quando você diz isso.

4. Quando você não me cumprimenta, sinto-me negligenciado.

5. Estou feliz que você possa vir.

6. Você é nojento.

7. Sinto vontade de bater em você.

8. Sinto-me mal interpretado.

9. Sinto-me bem a respeito do que você fez por mim.

10. Não tenho nenhum valor.

Respostas

1. Expressa algo que achamos que a outra pessoa sente em relação a nós e não um sentimento.

2. Sentimento expresso de forma clara.

3. Sentimento expresso de forma clara.

4. Negligenciado não é um sentimento dentro da perspectiva da CNV.

5. Sentimento expresso de forma clara.

6. Nojento não é um sentimento na perspectiva da CNV.

7. Ter vontade de bater em alguém não é um sentimento na perspectiva da CNV.

8. Mal interpretado não é um sentimento na perspectiva da CNV.

9. É um sentimento, mas a palavra bem é muito vaga e poderia ser substituída por algo mais específico como aliviado, gratificado, ou estimulado por exemplo.

10. Não tenho nenhum valor não é um sentimento na perspectiva da CNV.

pt_BR