Seção 12 do 15
Em andamento

5. Rituais

Eddy 20 de maio de 2022

Bom, uma vez que as nossas tarefas estão devidamente organizadas e nós conseguimos esvaziar a mente por completo… é hora de botar a mão na massa!

Como uma pessoa super desorganizada posso partilhar com vocês que ao implementar este método na minha vida eu fiquei muito mais tranquilo. Já não sinto mais a costumeira ansiedade de não conseguir fazer tudo o que tenho pra fazer.

Tenho uma forma simples e eficaz de priorizar as tarefas no meu dia e consigo ter uma boa perspectiva sobre o que está por vir com este sistema.

Tampouco utilizo-o religiosamente como algo que define tudo o que faço. É mais uma filosofia de vida do que realmente um método que é seguido à risca.

Mas tenho sim alguns rituais básicos que me ajudam a manter a coisa funcionando:

  • Entenda sua motivação: questione-se diariamente onde está a sua motivação. Não há problema em mudar de planos. O importante é direcionar a sua energia para aquilo que importa e ter algum senso de urgência. Minha motivação oscila muito e às vezes interrompo um projeto e passo para outro porque simplesmente não faz mais sentido pra mim naquele momento. Não me sinto culpado por isso. Entendo que isso é um exercício de autoempatia e não sou obrigado a produzir se não tenho vontade(claro que isso também é um privilégio que às vezes não tenho).
  • Revisite suas checklists: As checklists funcionam como uma bússola que nos ajuda a perceber se estamos na direção certa. Ao utilizá-las percebo que este sistema é muito poderoso. Posso relaxar sabendo que toda a informação que estava na minha cabeça está segura e tenho uma forma simples de manter o fluxo ao utilizar minhas checklists.
  • Desapegue do amontoado de informações: Se passou mais de uma semana e você tem as mesmas coisas na sua lista de tarefas é melhor se questionar até que ponto essas tarefas e projetos são realmente importantes no momento atual. Você pode sempre arquivá-las e recomeçar o processo de captura. Eu jogo uma bomba no meu banco de dados com bastante frequência. Acho que pessoas criativas tem dificuldade em se manter em uma rotina e fazer as coisas seguindo um plano à risca. Não tem problema. Este método está à serviço da sua motivação e criatividade e não de uma sociedade que preza pela super produtividade.
  • Lembre de usar o sistema: Pode parecer óbvio mas algumas pessoas como eu gostam de desenhar sistemas maravilhosos e nunca mais usá-los. Organizam toda a sua vida de uma forma incrível no papel e esquecem de usar aquilo. Faça uso desse emaranhado de coisas que você desenhou. Lembre de esvaziar a mente com frequência e confiar no processo para guiar o seu dia.
  • Acostume-se a estimar a duração das suas atividades: Com cuidado, claro. A ideia não é ficar ansioso porque disse que ia fazer tal coisa em tanto tempo e depois não fez. O princípio aqui é que você estabeleça uma janela de tempo para focar APENAS no que você se propôs a fazer. Nada mais será feito nesse intervalo de tempo. É incrível como isso ajuda a focar e esvaziar a nossa mente para cuidar só daquilo que tá sendo feito. Se após o tempo estipulado você ainda estiver super afim de continuar… sem problemas! Adicione mais uma janela de tempo e mão na massa!

Lembre-se de constantemente limpar e renovar a sua lista de tarefas e projetos. É normal ter que apagar tudo e esvaziar tudo de novo porque perdemos o fio da meada. É preciso internalizar essa forma de olhar o mundo durante um bom tempo para utilizar o sistema de uma forma que faça sentido.

💡 Se você deixar algo na sua lista de projetos/tarefas por mais de uma semana pergunte-se: Ainda tenho motivação para fazer isso? Por que estou a procrastinar este projeto/tarefa? O que está por trás disso? Há algum padrão que se repete?

pt_BR