Seção 6 do 15
Em andamento

O Ócio Criativo e a Sociedade do Cansaço

Eddy 19 de maio de 2022

Perceber a nossa persona como um conjunto de propósitos que atendem aos nossos objetivos momentâneos e libertar a mente da necessidade de organizar nossas atividades operacionais do cotidiano é algo que pode semear um campo fértil para uma iguaria muito rara nos dias de hoje.

Sim, senhoras e senhores. Estou falando dele. O inominável ouro invisível que todo mundo procura hoje em dia e nem sabe. É o ócio. A possibilidade de simplesmente não fazer absolutamente nada que não seja nutritivo para a nossa alma. De pensar sobre a nossa essência, de onde viemos, para onde vamos. Questionar a natureza da realidade e do nosso pensamento como fizeram os grande filósofos.

Quando é que se pode fazer isso hoje em dia em uma sociedade que foca a produtividade pessoal acima de tudo? Onde a dicotomia do senhor e do escravo se dissolveu e nós viramos tanto o senhor quanto o escravo? Nós somos opressores do nosso próprio eu oprimido.

Mesmo quando temos o privilégio de usufruir do ócio não sabemos o que fazer com isso. Nossa capacidade de concentração foi reduzida a alguns segundos. Nossa atenção está muito preocupada com as notificações, likes e as inúmeras tarefas que estão dançando como loucas em nossas cabeças.

Eu, Ravi, sempre tive muita dificuldade em me organizar para fazer tudo o que eu gostaria de fazer. Vivi uma adolescência intensa com muito tempo para me dedicar ao ócio criativo e hoje percebo o quanto esses momentos foram valiosos.

A holarquia pessoal é uma busca por um processo que não seja engessado, rígido e focado em produtividade. É algo que me ajuda a moldar o meu dia a dia de acordo com aquilo que realmente é importante e divertido pra mim.

Talvez isso faça sentido pra você da forma que está aqui exposto e talvez você queira adaptar de acordo com as suas necessidades. Talvez isso não faça sentido nenhum pra você.

De qualquer forma, eu dedico este pequeno manual a todas as pessoas que se sentem perdidas, frustradas e inquietas com a quantidade de coisas que precisam/gostariam de fazer e não conseguem porque não sabem priorizar e gerenciar o seu tempo pessoal.

pt_BR